É assim que se recupera uma planta que foi regada excessivamente

Hoje nos propomos a lhe ajudar a recuperar uma planta que foi regada excessivamente. Isso nem sempre é possível, mas às vezes... podemos conseguir.
É assim que se recupera uma planta que foi regada excessivamente

Última atualização: 08 Janeiro, 2021

Um dos erros mais comuns dos amantes da jardinagem é não calcular bem a quantidade de água de que as plantas precisam. É por isso que neste artigo falaremos sobre como você pode recuperar uma planta que foi regada excessivamente.

Com algumas dicas bem simples, aquela planta de que você tanto gosta ficará linda como sempre. Tome nota e pegue as luvas e as ferramentas, pois é hora de começar a trabalhar.

O que acontece com uma planta que foi regada excessivamente?

recuperar uma planta que foi regada excessivamente

O que acontece com uma planta que foi regada excessivamente é que ela não consegue fazer a troca dos gases adequadamente, nem absorver todos os nutrientes de que necessita. Este processo é conhecido como asfixia radicular.

Outra consequência do excesso de água e, portanto, da falta de oxigenação, é que os fungos podem afetar as suas raízes. O problema nesses casos é que geralmente demora muito para que eles sejam detectados e, dessa forma, nem mesmo o melhor fungicida pode fazer alguma coisa pela planta.

Estes são os sintomas a serem observados

Para saber se a sua planta está sendo regada excessivamente, o mais importante é observá-la com atenção. Uma vez que tiver a certeza de que esse é o problema, você poderá colocar em prática todo o mecanismo para resgatá-la, mas não sem antes ter certeza disso.

Entre os sintomas que a planta pode apresentar estão os seguintes:

  • Não surgem novos brotos.
  • A planta fica fraca.
  • As folhas crescem muito lentamente.
  • Aparece uma coloração amarelada ou marrom.
  • Folhas e flores caem.
  • O substrato parece compactado e pode adquirir uma tonalidade esverdeada.
  • A base do caule se estreita.

É preciso ter cuidado, já que muitos desses sintomas são os mesmos de plantas com pouca água. Portanto, antes de tomar medidas drásticas, é preciso verificar o estado da terra. Para isso, insira os dedos o mais profundamente possível para verificar se o substrato está úmido ou seco.

Recuperar uma planta que foi regada excessivamente

recuperar uma planta que foi regada excessivamente

Agora sim! Uma vez que tiver sido verificado que esse é o problema da sua planta, você deve começar a trabalhar para tentar recuperá-la; porém, tenha em mente que isso nem sempre é possível. Existem alguns tipos de plantas que são especialmente suscetíveis ao encharcamento e que geralmente não reagem, como por exemplo, as suculentas. Então, é melhor que isso seja levado em consideração para evitar decepções.

1. Secar a sua planta

Para tentar recuperá-la, primeiramente é preciso remover esse excesso de umidade que ela contém. Para isso, você deve removê-la do vaso e eliminar todo o substrato que estiver preso às suas raízes. Então, deixe-a secar ao ar livre durante cerca de 12 horas. Só assim ela poderá respirar.

2. Verificar o estado das raízes

Uma vez que o excesso de umidade tiver sido removido, você poderá verificar o estado das suas raízes. Este é o momento chave, pois delas depende a sobrevivência ou não da planta.

Se as raízes estiverem brancas, você está com sorte: elas estão saudáveis! Se, pelo contrário, você encontrar raízes pretas ou que começaram a apodrecer, será necessário podá-las para tentar limpá-las antes de plantá-las novamente.

Recomendamos que você use outro vaso para replantar, pois este pode ter fungos. Mas, se gostar muito dele, lave-o previamente e desinfete-o para que ele fique livre de qualquer invasor.

Por segurança, é recomendável usar um fungicida nas raízes, caso tenham sobrado vestígios de fungos.

3. É hora de transplantar

No trabalho de recuperação de uma planta que foi regada excessivamente, é fundamental lhe dar um novo sopro de vida e, para isso, deve haver um espaço rico em nutrientes. Ofereça à sua planta um bom substrato para que ela cresça adequadamente.

Não se esqueça de que o vaso deve ter uma drenagem adequadapois só assim você evitará que ela fique encharcada novamente. As plantas precisam ser capazes de eliminar o excesso de água.

Uma dica: evite aplicar adubo ou fertilizante. As raízes estão muito sensíveis e poderiam ser danificadas por tantos nutrientes de uma vez só.

Agora que você conseguiu recuperar a planta do excesso de água, lembre-se de não regá-la novamente até que a camada superficial do substrato esteja seca.

Informe-se sobre os cuidados específicos necessários para cada espécie; afinal, só assim você poderá desfrutar das suas habilidades como jardineiro sem matar as suas plantas.

Pode interessar a você...
Tipos de palmeiras para a decoração de interiores
Decor TipsLeia em Decor Tips
Tipos de palmeiras para a decoração de interiores

O uso de palmeiras para a decoração de interiores é um complemento perfeito para harmonizar os espaços da casa e para adicionar um toque de elegânc...