Dicas para organizar as plantas de forma coerente

19 Agosto, 2020
Você tem plantas de diferentes tamanhos, cores, formas... e isso se torna um problema, pois você não sabe quais critérios usar para organizá-las. Não se preocupe, pois, neste post, daremos algumas dicas para que isso seja feito com ordem e coerência.

Organizar as plantas corretamente tem a ver com a arte da disposição. A escolha de plantas e vasos está relacionada à maneira de organizá-los no espaço.

A forma, o tamanho e a disposição lhes darão um determinado valor decorativo. Por isso, tome nota, pois daremos algumas dicas para que você possa combiná-las e aproveitá-las ao máximo.

Organizar as suas plantas: a arte da disposição

A arte da disposição

Plantas e vasos podem ficar enfileirados, agrupados por tamanho ou organizados pela forma, de acordo com as necessidades decorativas da nossa casa.

Por repetição

Repetir os elementos (tipo e tamanho da planta, bem como tamanho e forma do vaso) e agrupá-los dará uma sensação de abundância. Esta organização pode ser aplicada em locais onde a falta de espaço não permite a inclusão de várias espécies.

Diferentes formas

Uma seleção de recipientes do mesmo material e de plantas da mesma espécie, mas em ambos os casos com formas e alturas diferentes, transmite movimento e energiza os espaços grandes, se forem alternados entre si.

Enfileirados

Precisamos dizer que um grupo de vasos idênticos enfileirados é algo que prolonga a perspectiva de uma parede curta. Você também pode delimitar duas áreas diferentes do mesmo cômodo.

Lembre-se de que o tamanho dos recipientes que você for usar, bem como o tipo e o tamanho das plantas, devem ter relação com o espaço disponível; caso contrário, tudo ficará desproporcional.

Organizar as suas plantas: brincar com o tamanho e a cor

Dicas para organizar as suas plantas de forma coerente

Conhecendo o tamanho e a forma da planta e do recipiente, é possível criar elementos decorativos de grande efeito, seja com um único vaso ou agrupando vários deles.

Experimente colocar contra uma parede duas plantas altas atrás e uma pequena na frente, dispostas em triângulo; você verá como será transmitida uma sensação de variedade e movimento. Pelo contrário, se você optar por uma única planta de forma arredondada com um vaso do mesmo formato, obterá uma sensação estática e sóbria.

Aconselhamos que você brinque com a cor do recipiente e a folhagem ou floração da planta; veja como as tonalidades claras serão relaxantes e as folhas acobreadas em vasos com pátinas que imitam o ferro enferrujado transmitirão vigor.

O impacto das combinações de cores contrastantes entre a folhagem verde e as cores das florações de outras plantas fica acentuado quando diversas espécies são agrupadas em um único vaso.

Ter mais de uma cor e textura de folhas e flores na composição torna a combinação mais versátil, de modo que isso pode ser usado para a decoração de locais onde não cabe mais de um vaso.

De qualquer forma, lembre-se de que as composições com flores ou vasos devem ser adequadas para o tipo de decoração escolhido para cada ambiente.

Organizar as suas plantas: brincar com a simetria e a repetição

Brincar com a simetria e a repetição

Você sabia que o próprio tamanho e formato do recipiente e das espécies criam um efeito simétrico que permite diversas alternâncias decorativas? Tenha isso em mente, pois isso será algo muito útil para você.

Experimente colocar várias plantas em vasos enfileirados no peitoril de uma janela e perceberá que elas podem ser vistas tanto pelo lado de dentro quanto pelo lado de fora. Também recomendamos que elas sejam agrupadas em uma mesa ou dispostas em uma estante.

Repetir a cor e o tipo de material de vários recipientes, porém com diferentes formas e tamanhos, é uma maneira original de decorar com plantas, especialmente se transferirmos o conceito de repetição para os exemplares.

Procurar a mesma espécie, com folhagem em tons mais parecidos com a cor dos vasos, mas em diferentes estágios de crescimento para que possam se adequar a cada recipiente, é algo que unifica um local específico de um cômodo onde o mesmo tom prevalece nos móveis.

É interessante saber que, se plantas ou flores forem dispostas na frente de um espelho, o efeito será multiplicado, transmitindo assim uma sensação de abundância em pouco espaço.

Ao organizar por repetição, outra maneira de enfatizar as formas e tamanhos dos recipientes e plantas é colocá-los em diferentes alturas usando suportes de acordo com o tamanho da planta.

E não se esqueça…

Dicas para organizar as suas plantas de forma coerente

Reunir espécies de climas ou habitats semelhantes permite que o ambiente de origem das plantas escolhidas seja refletido; isso é ideal se quisermos recriar jardins ou ambientes de um estilo específico.

Utilizar vários vasos e plantas de tipos e cores semelhantes e formas variadas pode ser a melhor opção para dar um toque casual ao ambiente.

Reorganizar um agrupamento conforme as plantas forem crescendo permite que a ideia original da combinação seja mantida. Basta renovar as plantas maiores.

Então, o que você achou das nossas dicas? Úteis, não é mesmo?