Decore o jardim com bonsais

Faça do seu jardim um espaço botânico único e muito interessante usando os bonsais como recursos decorativos.

Última atualização: 12 Abril, 2019

Fazer do seu jardim um lugar especial está ao seu alcance. Você poderá romper com os esquemas e estereótipos fazendo algo diferente; nesse sentido, você só precisa procurar por novas fórmulas. Por isso, decore o jardim com bonsais e faça dele um lugar interessante.

O termo bonsai vem do japonês. Etimologicamente, bon significa “bandeja” e sai seria “cultivo”. No entanto, a espécie de planta em si pode ser de qualquer lugar do mundo.

Entre as plantas típicas que podem estar em um jardim próprio das zonas de climas com períodos frios e quentes, no qual há rosas, plantas aromáticas, arbustos, grama… Os bonsais também podem ser intercalados. Vejamos quais tipos são os mais adequados.

Pinheiro silvestre e pinheiro-bravo

O primeiro, o pinheiro silvestre, cujo nome científico é Pinus silvestris, é a espécie com a qual a forma de um bonsai pode ser perfeitamente trabalhada. Você poderá obter as seguintes características:

  • Tamanho pequeno: tronco com 60 cm de altura e 50 cm de largura.
  • Pode ser colocado em uma plataforma, simulando a forma de uma árvore. Mas não crescerá mais por ter um espaço pequeno para as raízes.

Certamente ele se encaixa muito bem em jardins com espaços abertos. Dessa forma, ele pode ser colocado em uma mesa ou prateleira de jardim para dar o destaque desejado; inclusive, pode até mesmo ser a joia do jardim, devido ao seu interesse botânico.

Por outro lado, há o pinheiro-bravo, também conhecido como Pinus pinaster. Quanto às suas características, esta é uma espécie semelhante à anterior e que proporciona um toque decorativo muito interessante. Pode ser combinado com o silvestre, tendo assim duas espécies juntas no mesmo espaço.

Olmeiro pequeno: tamanho reduzido

Esta espécie também conhecida como Ulmus minor, não possui muita altura. No entanto, o resultado ao trazer um toque decorativo para o jardim é muito curioso. É como ter uma árvore em miniatura. Quais características ele tem?

  • Quanto à altura, pode chegar a 20 centímetros.
  • Pode ser obtido dos “filhos” que nascem da árvore original que está na natureza.

Mas como eles podem ser colocados no jardim para decorá-lo? Uma maneira muito interessante seria fazer uma base a partir de um tronco cilíndrico de uma árvore serrada, de cerca de 12 centímetros de altura. E, por cima, colocar o bonsai de olmeiro.

– Talvez o bonsai seja a expressão da arte da vida. –
~ <em data-reactroot="">– Pons Ferrer –</em> ~

O quercus: duas formas de trabalhar a natureza

Outra opção seria o Quercus pyrenaica, mais conhecido como carvalho. Pode ser obtido semeando bolotas ou pegando um pequeno espécime já nascido em um bosque de carvalhos. A partir disso, basta plantá-lo em um vaso e cuidar dele para que ele cresça como uma árvore normal.

Além disso, a contribuição estética que ele oferece ao jardim é de uma beleza incomparável. O tamanho não excede 40 centímetros e, novamente, fica muito atraente em uma base de madeira e em jardins com estética rústica. Denota, dessa forma, um gosto pela botânica.

Outro exemplar seria o Quercus suber, também conhecido como sobreiro. Quais características ele pode ter?

  • Pode ser obtido a partir de uma bolota. A partir daí, é necessário ser paciente e esperar alguns anos até que ele possa alcançar uma altura considerável.
  • As dimensões em altura ficam em torno de 20 centímetros. Por isso, torna-se um recurso decorativo atraente, ao colocá-lo em uma prateleira ou mesa de jardim, por exemplo.

Bonsais com cores: O lilás e a figueira

Certamente duas espécies menos comuns, mas que contribuem enormemente para a decoração de um jardim, são o lilás e a figueira. Sem dúvida a sua contribuição de cores e formas fazem com que eles sejam muito interessantes do ponto de vista botânico e decorativo.

  • O lilás (Syringa microphylla) é conhecido na primavera por suas flores roxas; no verão, ao contrário, permanece com folhas verdes que mudam para avermelhadas no outono. É obtido de “mudas” que nascem das raízes em grandes quantidades.
  • A figueira (Ficus carica) é obtida das sementes dos figos. É melhor comprar uma árvore pequena em um viveiro e podá-la até que o seu tamanho seja reduzido ao desejado. É muito decorativa por causa do formato de suas folhas.

Decorar com bonsais: A romãzeira e a árvore do amor

A primeira também é conhecida como Punica granatum. Tem um tamanho muito pequeno, de 40 centímetros, e fica muito bonita em lugares altos. Pode ser obtida a partir de sementes da fruta no começo da primavera, semeando-as no mês de fevereiro.

A segunda é a Cercis siliquastrum ou árvore do amor, facilmente obtida a partir de sementes localizadas nas vagens de árvores adultas. De fato, é necessário plantar várias sementes coletadas no outono anterior e colocá-las em um viveiro no mês de fevereiro.

Pode interessar a você...
Mi DecoraciónLeerlo en Mi Decoración
Decorar com bonsai e como cuidá-lo

Neste post, vamos mostrar de que forma você poderá decorar com bonsai todos os cantos da sua casa e os cuidados que deve lhe proporcionar.



  • Valavanis, William: Fine Bonsai: Arte and Nature, Abbeville Press, 2012.