Plástico sustentável para a decoração

15 Junho, 2020
O plástico sustentável já é uma realidade, e hoje contaremos como decorar com ele. O que você acha?
 

Embora seja verdade que já faz tempo que estamos falando sobre a necessidade de ter uma vida mais natural e evitar materiais que prejudiquem o meio ambiente, também é fato que a tecnologia está avançando e nos dando opções muito mais eco-friendly e podemos até mesmo falar de plástico sustentável para a decoração.

Como é o plástico sustentável?

Plástico sustentável para a decoração

Quando o plástico começou a ser usado industrialmente e passamos a utilizá-lo abusivamente, o planeta foi condenado a sofrer com um material difícil de reciclar e ainda mais de destruir. Queremos compartilhar com você essas ideias para reduzir o consumo de plástico em casa.

Mas, inicialmente, o plástico nos oferece muitas possibilidades práticas e econômicas, ainda mais quando estamos falando de decoração. Para que um plástico seja considerado sustentável, ele deve ser feito à base de Polietileno tereftalato, mais conhecido como PET. Por isso, desde garrafas de água até alguns móveis são feitos deste material.

Alguns exemplos de plástico sustentável

Eames Plastic Chair   

Plástico sustentável para a decoração
 

Cadeira Eames / vackart.es

Certamente você já as viu em casas e restaurantes. Esta é uma peça icônica do design que parece ter se tornado a favorita dos últimos anos.

Elas se tornaram conhecidas em 1950 como as primeiras cadeiras de plástico produzidas industrialmente. Atualmente, elas são fabricadas pela Vitra, usando polipropileno. Seus criadores, Charles e Ray Eames, procuravam “obter mais do melhor para mais pessoas e por menos“.

As eternas Louis Ghost 

Cadeiras Louis Ghost 

Se estamos falando de plástico sustentável, não podem ficar de fora as cadeiras criadas pelo grande Philippe Starck em 1992. O seu design é tão atraente que ele se tornou um mito, apesar da pouca idade. É original, resistente à água e aos choques e super versátil, pois fica ótima tanto em ambientes clássicos quanto modernos.

Feitas de policarbonato transparente e coloridas, é uma opção muito prática. Além disso, pode ser empilhada, reduzindo assim o espaço necessário para o seu armazenamento.

Novas propostas no mercado

Plástico sustentável para a decoração
 

Charlie chair white / ecobirdy.com

Não queremos mais coisas para usar e jogar fora. E, para demonstrar isso, existem os móveis com o design de Vanessa Yuan e Joris van Driel sob o nome de ecoBirdy, nos quais absolutamente tudo é feito a partir de resíduos de plástico reciclado.

A sua série de móveis infantis é muito divertida e nos ensina que podemos fazer algo com os materiais que já existem antes de jogá-los fora.

Uma segunda chance, assim é o plástico sustentável

Plástico sustentável para a decoração

Coleção MUSSELBLOMMA / reasonwhy.es

Em vez do plástico que usamos chegar ao mar, ele pode ser reciclado repetidamente. Foi assim que a IKEA pensou, e é por isso que ela lançou a sua coleção MUSSELBLOMMA, que está disponível nas lojas. Veja o catálogo da IKEA para 2020.

Trata-se de uma colaboração com a Seaqual, uma iniciativa que envolve pescadores, organizações, comunidades e até mesmo autoridades para limpar os resíduos do mar. Também conta com a participação da designer espanhola Inma Bermúdez, com a criação de uma série de toalhas de mesa, capas de almofada e uma bolsa com as cores do mar.

Além disso, para cada quilo de plástico PET usado na fabricação do tecido, nove quilos de resíduos são extraídos do mar. Interessante, você não acha?

 

Outras ideias sobre o plástico sustentável

Colar de plástico reciclado

Colar de plástico reciclado / diy.2ndfunniestthing.com

Além de todas essas propostas, existem muitas marcas que usam plásticos recicláveis ​​ou novos materiais feitos com aqueles que já existem e foram descartados. Mas também podemos fazer muitas coisas usando a imaginação e dando uma segunda chance a muitos dos nossos objetos.

Uma das propostas mais interessantes que encontramos é a da 2nd Funniest Thing: “Um firme compromisso a favor da produção local e da autoprodução e do upcycling, contra o hiperconsumismo que nos cerca“, de acordo com Marta Barberà, a artífice deste projeto original que busca reduzir o impacto causado sobre o meio ambiente através da reciclagem.

O plástico é um material quase imperecível, para o bem e para o mal. Isso o torna resistente e perfeito para exteriores, por exemplo, mas também o torna um dos inimigos número um do nosso planeta. Convidamos você a usá-lo de uma maneira mais consciente e sempre lhe dar uma segunda chance.