Guia para iluminar os exteriores corretamente

Tome nota, porque mostraremos todas as chaves para que os seus exteriores fiquem bem iluminados.
Guia para iluminar os exteriores corretamente

Última atualização: 27 Dezembro, 2020

Para que iluminar os exteriores não se torne uma tarefa complicada, vamos comentar os tipos de luz existentes, além de também recomendar os modelos para cada espaço e como distribuí-los para criar uma iluminação eficaz e acolhedora.

Se quiser iluminar o seu jardim, alpendre ou terraço, será fundamental avaliar o espaço disponível e como ele está distribuído. Por isso, não se desespere porque o ajudaremos a alcançar o melhor resultado.

Iluminar os exteriores para criar espaços nota 10

Lembre-se de que os espaços exteriores pequenos requerem uma iluminação tênue e pontual que não ofusque excessivamente, enquanto em um jardim ou terraço de grandes dimensões você poderá combinar diferentes sistemas de iluminação. Entretanto, dê preferência àqueles que proporcionam luz ambiente. Vamos começar. Não perca os detalhes!

Apliques de parede e luzes suspensas

Fornecem um tipo de luz suave e ambiente, ideal para iluminar espaços com poucos metros. São utilizados principalmente em terraços e varandas, embora também sejam adequados para iluminar fachadas e os acessos à casa.

Arandelas

São colocadas no topo de muros e colunas para delimitar o terreno do jardim ou para iluminar as portas de acesso exteriores. Produzem uma intensa luz ambiente, por isso são altamente recomendáveis.

Embutidas no chão e nas paredes

Com este sistema de iluminação, busca-se criar efeitos de luz. É altamente recomendável para iluminar fachadas, árvores, muros, trilhas ou caminhos.

É um tipo de luz pontual e localizada que complementa a luz ambiente. Porém, a única desvantagem desses modelos é que eles não são muito baratos e precisam de filtros e grades antirreflexo para matizar a forte intensidade da luz.

Iluminar os exteriores com balizadores

São luzes com um design mais ousado que são fixadas no chão e têm a forma de pequenos postes. Fornecem luz ambiente e são usados ​​principalmente em trilhas ou caminhos para delimitar as diferentes áreas.

Além disso, também podem ser muito úteis para iluminar espaços grandes, embora, neste caso, seja necessário colocar vários pontos de luz distribuídos estrategicamente.

Postes

É o mais clássico dos sistemas de iluminação para exteriores; também funcionam como peças decorativas. Fornecem luz geral e são usados ​​em espaços grandes, como jardins ou grandes terraços.

Seu preço varia de acordo com o design e o número de lâmpadas incluídas. Se você quiser dar um toque pessoal aos exteriores da sua casa, poderá optar por este tipo de luminária que é tão funcional.

Acessórios

Em geral, são usadas luzes decorativas. Você pode optar por diferentes modelos. O que você acha de tochas, espetos ou lanças? Fixe-os no chão e você verá a linda luz que projetam.

Além disso, também existem as lamparinas com velas que oferecem uma luz quente e tênue; e as pedras de fibra de vidro com iluminação interna que parecem pedras naturais e darão um clima aconchegante ao ambiente.

Iluminar os exteriores com dois sistemas

Não se esqueça de que as peças de iluminação que você finalmente escolher devem ser leves e altamente resistentes à umidade e intempéries. Por isso, é muito conveniente escolher os materiais corretamente.

Os mais comuns são fibra de vidro, alumínio injetado, aço inoxidável, plástico e poliéster; além disso, você também pode optar pela madeira de teca, com grande resistência às intempéries. Agora, vamos propor boas ideias para dois espaços exteriores. Elas serão super práticas!

Iluminar um terraço

Que tal escolher apliques de parede com luz tênue para não ofuscar? Coloque um balizador para delimitar ou aumentar a luz ambiente e dar amplitude ao espaço.

Você pode adicionar espetos ou lanças colocados nas plantas para criar efeitos de luz. Dessa forma, será obtido um bom resultado e ficarão muito bonitas as diferentes espécies plantadas.

Iluminar um jardim

Devemos escolher os diferentes sistemas de luz de acordo com as áreas que quisermos iluminar: o caramanchão, um caminho, o gramado, uma grande árvore

O ideal é combinar a luz geral e a decorativa. Para criar uma iluminação ambiente aconchegante, você pode usar pequenos pontos de luz tênue e também pontos de luz indireta, criando assim um atraente jogo de formas e volumes.

que você acha das nossas ideias? Você está pronto para aplicá-las nos seus exteriores? Lembre-se de que, antes de começar a trabalhar, você deve medir os exteriores e determinar a que setores deseja dar prioridade. O segredo está no planejamento!

Pode interessar a você...
Decor TipsLeia em Decor Tips
Crie um ambiente alternativo usando luzes coloridas

Quando se trata de incluir novidades na decoração da casa, as luzes coloridas podem ser um recurso diferente e muito interessante.