Combinações cromáticas para pintar o terraço

A decoração do terraço passa, fundamentalmente, pela harmonia das cores e pela sua possível distribuição.
Combinações cromáticas para pintar o terraço

Última atualização: 10 Dezembro, 2020

A imagem externa da nossa casa deve ser bem cuidada. Ela não deixa de ser o primeiro contato visual e, portanto, a própria estética desempenha um papel muito importante; por isso, vamos conhecer quais são as combinações cromáticas para pintar o terraço.

Um dos erros que geralmente cometemos é a falta de sensibilidade ao combinar as cores. Elas não podem ser dispostas de forma aleatória e sem um estudo para estabelecer uma consonância que seja agradável.

É preciso ter em mente que uma casa reflete a personalidade individual de cada um. Todo o conjunto faz parte da decoração e, de um modo geral, conseguimos uma harmonia que nos faz sentir orgulho do design escolhido. Portanto, é interessante analisar passo a passo algumas fórmulas que sejam úteis. 

A escolha das cores para pintar o terraço

Combinações cromáticas para pintar o terraço

Um terraço deve ter cores que sejam atraentes e vistosas. Em nenhum momento podemos considerar o uso daquelas que sejam excessivamente escuras, estridentes ou sombrias. A ideia é que transmitam serenidade e, ao mesmo tempo, alegria.

É preciso brincar com um fator importante: a luz natural. Com ela, as formas são ainda mais realçadas, um brilho maior é obtido e um certo grau de naturalidade é alcançado. Por isso, é fundamental escolher a tonalidade que melhor se adapta ao terraço.

De acordo com a percepção que quisermos obter, assim será o trabalho cromático; ou seja, as cores escolhidas dependerão do ambiente que queremos criar. Sem dúvida, elas devem ser do nosso agrado e proporcionar bem-estar e conforto.

É interessante fazer um esforço considerável para combinar as cores adequadamente.

Diferentes combinações cromáticas

Antes de pintar o terraço, é necessário estudar cuidadosamente as combinações possíveis, um processo feito pelos profissionais do design de interiores. Para isso, é necessário conhecer bem a luz do dia, pois um ambiente nublado é diferente de um com sol radiante todos os dias.

Por outro lado, é preciso avaliar o propósito que queremos alcançar, quais significados queremos refletir e os objetivos. Em certa medida, podemos criar uma paleta cromática, se necessário. Vejamos alguns exemplos:

  1. As cores quentes, como o amarelo pálido, salmão ou telha, podem ser uma boa aposta para obter um resultado interessante. Elas se relacionam muito bem com as cores neutras que podem ser colocadas, por exemplo, nos móveis.
  2. As cores mais suaves, como o off-white, gelo ou marfim, geram mais brilho. Elas irradiam sensações suaves e purificam o ambiente. Contrastam muito bem com materiais como a madeira ou se tivermos um piso escuro.
  3. O bege é um dos mais usados. Ele fica no meio do caminho entre o branco e as cores quentes, e estabelece uma boa sintonia com os recursos decorativos escuros. Além disso, também tem uma certa concordância com os tons terrosos.
  4. Se quisermos fazer uso de cores escuras, de que forma podemos trabalhar? Não se trata de usar pretos ou azuis que entristeçam o ambiente. É preciso usar principalmente tons neutros e contrastá-los com outros mais claros para, dessa forma, estabelecer a harmonia desejada.

Tons pastéis, uma boa fórmula para pintar o terraço

Os tons pastéis são uma boa escolha para pintar o terraço. Todos eles têm possibilidades. Não importa se forem frios ou quentes, pois produzem um caráter calmo e ensimesmado.

Um exemplo pode ser o coral. Nas paredes, fica ótimo e combina perfeitamente com tons quentes, terrosos e até mesmo com o verde. No fundo, cria um espaço apropriado para um estilo romântico.

Já o azul ou o turquesa refrescam o ambiente e lembram um espaço mediterrâneo. Porém, eles precisam ser contrabalançados por outras cores quentes e também combinam muito bem com o marrom da madeira.

O diálogo entre os móveis e as paredes

Assim como acontece nos interiores, a harmonia do todo é obtida quando existe uma harmonia entre os diferentes recursos, sejam eles móveis ou estruturais.

As paredes são o suporte estético do que acontece no ambiente; ou seja, o sofá, as poltronas, a mesa e os outros elementos possuem cores que devem ser combinadas corretamente com as cores das paredes.

Em suma, a escolha cromática deve estar perfeitamente estabelecida para que seja criado um terraço que nos agrade e que favoreça o estado emocional.

People photo created by yanalya – www.freepik.com

Pode interessar a você...
4 tendências para serem incluídas no seu terraço neste verão
Decor TipsLeia em Decor Tips
4 tendências para serem incluídas no seu terraço neste verão

As tendências para serem incluídas no seu terraço neste verão chegaram para ficar. Encontramos novas descobertas na decoração a cada estação.

 



  • Egon Schuler, Josef: Color y decoración en el hogar, Gustavo Gili, 1968.