Sofá bege, um recurso decorativo fácil de ser combinado

21 Abril, 2020
Atreva-se a mudar e opte por um sofá bege para a sala de estar; esta é a melhor maneira de obter uma aparência diferente para o espaço sem perder o calor do ambiente.

Se você está procurando uma maneira de mobiliar a sala usando cores que se encaixam facilmente, uma possibilidade muito interessante é o sofá bege, um recurso decorativo fácil de ser combinado. Geralmente ele não é muito utilizado, mas na verdade, ele tem muito a contribuir para a casa.

Geralmente costumamos usar tons escuros quando não queremos causar tensão no ambiente ou um conflito cromático. Algumas cores, como o azul-escuro, preto ou simplesmente o cinza, podem funcionar muito bem, mas e se quisermos outro tom mais claro que combine com a decoração?

Temos a ideia de que mobiliar os espaços através do estabelecimento de um diálogo entre os diferentes elementos é algo que pode ser feito por meio de proporções e escalas, mas serão as cores que determinarão a temática do ambiente e a maneira como todo o conjunto se relaciona.

Por que escolher a cor bege? 

O sofá bege, um recurso fácil de ser combinado

Esta tonalidade tem muito a contribuir para a decoração. Talvez ela possa parecer um pouco apagada; de fato, ela não possui uma expressão cromática muito atraente à primeira vista, mas pode funcionar muito bem para fazer composições com o conjunto decorativo.

Sem dúvida, existem vários tipos de bege, mas é o mais claro que está avançando com mais força no mundo do design de interiores. Por que isso acontece? Basicamente, as tonalidades que tendem a ser mais claras facilitam o trabalho de combinação.

Devemos destacar a ideia de que o sofá pode passar despercebido. Ele não será um ponto de referência ou um eixo ao redor do qual a decoração gira. O bege se torna uma cor que não tem um apelo direto, mas que também não destoa; ele está no meio caminho entre um tom terroso e um tom neutro.

Assim, combiná-lo com outras cores pode ser considerado como um processo simples.

4 passos para transformar a sala de estar com um sofá bege

O sofá bege, um recurso fácil de ser combinado

Se você deseja trazer para este espaço uma mudança notável, o melhor a fazer é usar recursos originais que ofereçam uma estética diferente. Geralmente costumamos usar as mesmas cores; no entanto, temos a oportunidade de mudar e decorar de uma outra maneira:

  • Caso você queira simplicidade e uma combinação fácil, pode usar um sofá de tecido de linho bege. Você poderá comprovar a sua suavidade ao toque e, com essa cor, a sensação que percebemos é de conforto e tranquilidade. Foi muito comprado em meados do século XX.
  • O sofá chaise longue se torna um recurso decisivo para a sala de estar. Se ele tiver a cor bege, poderá trazer um pouco de neutralidade ao ambiente, pois ele não absorverá todo o protagonismo e ainda destacará a decoração ao seu redor.
  • Se for usado o bege-escuro, pode ser mais complicado para combiná-lo com o conjunto. É preferível recorrer ao bege mais claro, para que não seja gerada tensão no ambiente. De fato, é melhor que ele se aproxime principalmente do cinza.
  • Sofás de couro com essa cor mostram personalidade e classe; isto é, nos remetem a ambientes mais antigos, com um certo nível de suavidade e elegância, muito diferente de usarmos um bege mais escuro, que seria mais chamativo.

Quando o bege se aproxima do off-white  

É importante ter em mente o seguinte fato: as cores próximas ao branco geralmente são um recurso útil para a combinação. Nesse sentido, poderíamos dizer que o bege bem claro se aproxima fortemente do off-white.

O que acontece neste caso é que a sensação de claridade oferecida por esses tons consegue transmitir pureza e simplicidade. Dessa forma, será facilitada a relação com as formas e a cromaticidade geral do espaço.

Portanto, usar esse tipo de bege que se assemelha ao off-white fará com que o sofá adquira uma certa delicadeza estética e possa se adaptar bem à sala de estar; isso trará até mesmo um pouco de tranquilidade.

Com quais cores um sofá bege combina melhor? 

Decoração-sala de estar

Sem dúvida, o bege é um tom quente que pode ser perfeitamente combinado com outros tons terrosos e, é claro, com o verde. Assim, é possível obter uma naturalidade no ambiente.

Portanto, devemos ter em mente que o bege seria uma boa aposta, desde que a intenção seja aquecer o ambiente. No entanto, é preferível evitar a sua inclusão em salas cujos móveis sejam completamente escuros, para que o equilíbrio decorativo possa ser alcançado.

  • Lava Oliva, Rocío: Interiorismo, Vértice, 2008.