O sofá chesterfield: sofisticação e ousadia

O sofá chesterfield é uma peça de mobiliário que se destaca pelo seu aspecto e pelo seu design. Não há dúvida de que é uma boa contribuição para os interiores.
O sofá chesterfield: sofisticação e ousadia

Última atualização: 14 Julho, 2021

Ao incluir móveis nos interiores, devemos ser cautelosos com a escolha que fazemos. É conveniente analisar cuidadosamente o mercado e descobrir os diferentes recursos disponíveis; por isso, hoje vamos conhecer mais de perto o sofá chesterfield.

Normalmente associamos os diferentes elementos decorativos ao estilo que predomina na casa. Esta será a base para saber para onde direcionar a estética dos cômodos. Desta forma, consegue-se a harmonia do todo e o equilíbrio entre os espaços.

Ao falar de sofás, podemos pensar em diferentes modelos. Alguns são mais convencionais e simples do que outros que, no fundo, podem ser mais refinados. Obviamente, a escolha vai depender de nós, mas a linha de design também tem impacto.

A essência própria do sofá chesterfield

sofás chesterfield

Como é o sofá chesterfield? Quais são as suas peculiaridades? Em primeiro lugar, deve-se notar que esta tipologia apresenta um formato de tamanho reduzido; ou seja, não é muito grande, sendo muito diferente da gama chaise longue.

Está organizado para 3 lugares e cobre até 160 centímetros de comprimento, 80 de largura e 77 de altura. Essas medidas são aproximadas, pois, normalmente, é possível encontrar diversos modelos com suas respectivas variações.

A origem deste sofá vem da Grã-Bretanha, especificamente no século 19, por isso tem um certo toque anglo-saxão e percorreu um longo caminho até chegar aos Estados Unidos, Austrália e Europa. Sofreu algumas variações estéticas, mas em geral, ainda mantém a mesma essência.

Um tipo de sofá vintage para uma casa moderna.

Sofá chesterfield: principais características

Como podemos ver, este sofá oferece um conteúdo estético muito interessante. Ele combina muito bem com tudo o que tem ao seu redor, mas também precisa de elementos que estejam de acordo com o seu estilo. Vejamos alguns exemplos:

  • Dentro do estilo industrial, tem muito a dizer. Comprova-se uma depuração perfeitamente definida das formas, onde as linhas são básicas e simples. Por isso, um sofá como este não entra em conflito nem gera discordância.
  • Outro aspecto a valorizar é a sua contribuição clássica e sofisticada. Não se pode dizer que seja inovador na sua aparência, mas sim que procura transmitir elegância e requinte, além de ter um toque ousado. No entanto, onde quer que esteja localizado, atrairá a atenção.
  • Se estiver na sala de estar, ele se tornará o protagonista do espaço. Por outro lado, se estiver localizado em locais públicos, como no hall de um hotel ou no interior de um bar, estabelecerá uma série de qualidades que ajudam a definir a imagem do negócio.
  • Outro aspecto a valorizar é a sensação de conforto que ele gera. Como é acolchoado, podemos perceber desde o primeiro momento a textura suave do material e a maciez confortável. Esses fatores são essenciais para alcançar o bem-estar em casa.

O material: resistente e durável

O sofá chesterfield: sofisticação e ousadia

Provavelmente já nos deparamos com o sofá chesterfield em mais de uma ocasião. Nas casas, torna-se uma peça singular e marcante. Nesse sentido, pode ter um caráter alternativo simplesmente marcando presença nos espaços de descanso.

O material desempenha um papel muito importante. Ele pode ser encontrado em couro, corino, veludo, patchwork; há também em microcamurça, que é um material menos comum, mas que está cada vez mais presente no mundo do design de interiores.

Em qualquer caso, este sofá posiciona-se como uma referência estética que, afinal, oferece um sentido verdadeiramente significativo tanto pela sua forma como pelo seu próprio conteúdo.

É importante que resista ao uso diário.

A variedade cromática

Não podemos esquecer as diferentes gamas de cores. Você encontra diversas possibilidades, desde os tons terrosos, como o marrom-escuro e claro, até o bege ou o mostarda, que vem sendo tendência no mercado nos últimos tempos.

Em qualquer caso, o mais recorrente e mais ousado é o preto, sendo mais adequado comprá-lo em couro. Proporciona seriedade, firmeza e elegância. Portanto, posiciona-se como uma referência no ambiente e pode se tornar o centro das atenções.

Pode interessar a você...
Conheça os estofados de couro de Angel Cerdá
Decor Tips
Leia em Decor Tips
Conheça os estofados de couro de Angel Cerdá

Se você ainda não ouviu falar dos revestimentos de couro de Angel Cerdá, saiba que os seus designs são simples e ao mesmo tempo elegantes.



  • AA. VV.: Vivir en la ciudad: diseño contemporáneo para la vida urbana, Blume, 1997.
  • Ahern, Abigail: Cómo decorar tu piso: trucos para que tu hogar se convierta en la casa de tus sueños, Océano Ambar, 2010.