A cadeira Taliesin, um assento diferente

30 Julho, 2020
Um assento que foge das regras e rompe com os padrões comuns de decoração. Sem dúvida, este é um recurso completamente inovador.
 

No mundo do design de interiores, os designers já elaboraram projetos verdadeiramente surpreendentes. Muitas vezes, eles são inspirados por outros colegas de profissão, artistas ou até mesmo pela própria natureza. Por esse motivo, hoje abordaremos um exemplo de vanguarda: a cadeira Taliesin, um assento diferente.

Atualmente, os protótipos oferecidos pelas lojas de móveis são excessivamente parecidos entre si; isto é, temos uma percepção de repetição, como se os designs estivessem sendo feitos em série. De fato, quando vemos um elemento que nos atrai, geralmente isso ocorre porque ele tem uma estética diferente daquela que já conhecemos.

Não há nada melhor do que decorar a casa com elementos distintivos, que mostram a nossa personalidade e refletem o entusiasmo por embelezar os interiores de maneira sutil e dinâmica. É hora de valorizar os itens que fogem das regras.

Um pouco de história…

Um assento diferente

Imagem: pinterest.es/pin/826480969101841339/

Primeiramente, precisamos contextualizar a cadeira Taliesin. Ela é considerada um trabalho artísticoexecutado em 1949 pelo arquiteto americano Frank Lloyd Wright. O seu nome se deve ao estúdio Taliesin West, no Arizona, seu local de trabalho e residência.

 

Esse arquiteto se nutre de tudo ao seu redor. Uma pessoa observadora e comprometida com as novas tendências em design de interiores. Além disso, ele é um fiel seguidor das estruturas orgânicas que denotam um caráter inovador, quebrando regras e buscando novos horizontes.

Sua maneira de trabalhar é surpreendente, elaborando designs como a Casa da Cascata ou o Guggenheim Museum em Nova York, nos quais ele se consagrou como arquiteto. Os móveis que ele projeta têm muita influência dos seus trabalhos de construção e, acima de tudo, ele tenta se distinguir em cada trabalho.

– Frank Lloyd Wright é um artista prolífico que não se deixa levar por modismos. –

5 características da cadeira Taliesin

A cadeira Taliesin

Imagem: hiconsumption.com

Para abordar as principais características desta cadeira, devemos levar em consideração o contexto no qual ela foi projetada, mais especificamente em meados do século XX, depois de algumas décadas em que diferentes vanguardas e alternativas estéticas convergiram: 

  • A forma é muito interessante, formando um amplo conjunto de ângulos que oferecem uma sensação de retidão e estabilidade. Onde quer que você olhe, há cantos e um jogo de linhas que se confrontam entre si.
 
  • É um assento que convida a nos sentarmos. Isso se deve basicamente à abertura exagerada da forma na parte da frente. Os braços são abertos com a intenção de acolher a pessoa. Ao mesmo tempo, ela transmite conforto e uma sensação diáfana.
  • O material é a madeira compensada de faia com uma lâmina de madeira de cerejeira, dando muitas possibilidades à distinção de dobras e volumes. No fundo, pode ser encontrada de duas maneiras: com a cor natural ou tingida de preto. Esta última transmite maior força e seriedade.
  • Além das cores mencionadas acima, a própria cadeira pode ser encontrada em outras cores. As mais recorrentes são o bordô, verde-petróleo e azul-escuro. Cromaticamente, elas são diferentes do que normalmente conhecemos. 
  • A almofada pode ser estofada em couro, oferecendo maior resistência à passagem do tempo. Certamente, também é comum encontrá-la em veludo.

Cadeira Taliesin, a geometria é o eixo fundamental

A cadeira Taliesin

Imagem: pinterest.es/pin/711216966133035762/

Apenas observando a cadeira, percebemos que ela tem um tipo de design semelhante ao origami; a diferença é que este trabalho é feito de madeira. No entanto, talvez essa arte possa ter servido de inspiração para Wright.

 

Estamos falando de um recurso decorativo no qual, esteticamente, a geometria é mostrada como um conceito fundamental. A ordem das partes e as linhas compõem planos diferentes que se entrelaçam e, ao mesmo tempo, contrastam entre si.

É aqui que a visão orgânica do arquiteto também participa, uma vez que o assento é considerado um corpo extraído da natureza, chegando a atingir certa vitalidade e personalidade próprias.

Onde posso adquiri-la?

É muito difícil encontrá-la nas lojas de decoração. Como regra geral, esses tipos de recursos são adquiridos em lojas especializadas ou lojas online. Sem dúvida, a internet é a melhor vitrine para comparar preços e procurar soluções.

De qualquer forma, é importante saber que o seu preço é bastante elevado e pode exceder os € 3.000. Nesse caso, devemos estar cientes de que estamos falando sobre um item de colecionador.

 

Zevi, Bruno: Frank Lloyd Wright, GG Brasil, 1995.