A aplicação do azul esverdeado em interiores

É hora de conhecer uma cor que é muito interessante para decorar qualquer parte da casa; tudo é uma questão de fazer as combinações adequadas para encher os espaços de sensações.
A aplicação do azul esverdeado em interiores

Última atualização: 06 Janeiro, 2021

A decoração da casa é regida por diferentes componentes: móveis, distribuição, ordem, formas e cores. Geralmente, costumamos usar os recursos que identificam a nossa personalidade; por isso, vamos conhecer a aplicação do azul esverdeado em interiores.

A atmosfera gerada nos espaços está diretamente relacionada aos cromatismos. Dependendo dos tipos escolhidos, assim será o caráter obtido; por esse motivo que é tão importante usar as cores de que realmente gostamos.

Todos nós gostamos de inovar um pouco, de sermos originais e de nos destacarmos das outras casas. Se copiarmos os modelos já existentes, então não nos destacaremos de forma alguma; estaremos simplesmente caindo em um processo de repetição que, no final das contas, não traz nenhuma novidade.

Sensações produzidas pelo azul esverdeado em interiores

A aplicação do azul esverdeado em interiores

Essa cor agrada aos olhos. Influencia o estado de humor e transmite serenidade, harmonia, temperança e calma. É importante que ela proporcione boas sensações para que nos sintamos confortáveis; porém, a ideia não é usá-la em todos os espaços, pois é melhor que ela apareça esporadicamente.

Ela faz parte da gama de tons frios, a meio caminho entre o azul e o verde. De fato, não deixa de ser uma mistura entre os dois que, dessa forma, produz uma sensação que nos lembra o mar e a natureza.

Quando contemplada em interiores, não destoa nem se destaca de maneira extraordinária. Na verdade, ela se configura de uma forma sustentável, dialogando corretamente com o todo e enriquecendo a estética. Chega a ser um pouco alternativa e elegante.

Uma cor que pode surpreender e refletir sofisticação pessoal.

Disposição do azul esverdeado em interiores

Quais seriam os cômodos mais adequados para trabalhar esta cor? Para responder a essa pergunta, seria necessário partir dos gostos do morador. No entanto, faremos algumas avaliações a respeito dos locais que poderiam recebê-la com perfeição.

  1. A sala é um dos locais onde ela se encaixa. Não importa se ela cobrir todas as paredes ou se, pelo contrário, preferirmos que esteja em um móvel determinado, como por exemplo, o sofá. A ideia é que ela esteja presente e se torne uma referência atraente.
  2. No quarto, acontece algo semelhante. Pode ser utilizada nas paredes, mas também pode estar presente por meio de outros elementos individuais: a colcha da cama, o tapete, a moldura do espelho, etc. Inclusive, pode até mesmo ser usada para formar um conjunto entre esses elementos.
  3. No banheiro, combina muito bem quando relacionada ao branco. Além disso, tem uma certa ligação estética com a água e proporciona uma sensação de higiene. De qualquer forma, é preferível que o tipo escolhido seja um tom escuro para obter contrastes mais marcantes.
  4. Os móveis de cozinha são considerados um suporte curioso por causa da sensação que podem produzir no espaço. Esta cor traz ao ambiente uma sensação de limpeza e paz a ponto de gerar, assim como no banheiro, uma sensação de higiene.
  5. Se quisermos surpreender os amigos quando forem convidados para dormir na nossa casa, o quarto de hóspedes é outro dos locais onde ela pode ser bem recebida.

Uma cor que favorece a concentração

A aplicação do azul esverdeado em interiores

Acredita-se que o azul esverdeado auxilie na concentração. Provavelmente, isto se deve à sua capacidade envolvente, à temperança que transmite e à satisfação que irradia. Nesse sentido, lembra bastante o azul turquesa.

Muitas empresas decidem pintar as paredes desta cor para ajudar os funcionários a terem mais foco. Da mesma forma, este também é um tom adequado para escritórios e, assim, elimina-se o hábito de recorrer apenas aos tons neutros como geralmente se faz.

Se outros recursos claros forem adicionados ao ambiente geral, poderemos alcançar uma atmosfera agradável. É considerado, portanto, o contraste com os tons vibrantes que alteram os nossos sentidos.

Com quais cores pode combinar?

É preciso lembrar que não podemos inserir todos os tipos de combinações cromáticas; este processo deve ser estudado cuidadosamente. Pretos, verdes e azuis podem ser inadequados.

Os que mais se encaixam são os brancos, cinzas e, se quisermos que alguns elementos se destaquem ainda mais, também podemos recorrer ao castanho e a outros tons quentes, como o ocre ou mostarda.

Em resumo, o azul esverdeado é uma cor muito interessante para decorar qualquer espaço da casa. Esta pode ser considerada como uma boa aposta.

Pode interessar a você...
Tons ocres e verdes: tranquilidade em seus espaços
Decor TipsLeia em Decor Tips
Tons ocres e verdes: tranquilidade em seus espaços

A combinação de tons ocres e verdes proporcionará um certo aconchego e tranquilidade aos espaços da sua casa. Essa combinação é ideal para salas e quartos.

 



  • Lluch, Francisco Javier: Arte de armonizar los colores, Barcelona, Imprenta de El Provenir, 1858.