Verde-esmeralda, a sutileza refletida na decoração

08 Setembro, 2020
Essa cor se encaixa perfeitamente em ambientes elegantes, mas não devemos nos esquecer de que, se combinada corretamente, ela pode estar presente em qualquer estilo decorativo.

Nesta oportunidade, estudaremos uma cor verdadeiramente atraente no mundo do design de interiores: o verde-esmeralda. Embora não seja comum, na realidade, devemos valorizar as contribuições que ele pode trazer para os interiores.

A sua aparência indica que ele pode estar presente em qualquer lugar da casa; combina com a sala de estar, o quarto, o banheiro, a cozinha, a entrada, etc. Nesse caso, não importa o local, mas sim o conteúdo. A sensação que ele transmite desempenha um papel muito importante.

A dificuldade está em saber como combinar essa cor com as outras, assim como em reconhecer quais são os principais recursos decorativos nos quais ela pode intervir. Lembre-se de que ela atrairá todos os olhares, pois é considerada uma das cores mais agradáveis.

Verde-esmeralda, uma cor sutil e glamourosa

Verde-esmeralda, a sutileza refletida na decoração

É verdade que essa cor se encaixa muito bem em ambientes glamourosos. Ela transmite certa elegância e serenidade; além disso, está diretamente ligada ao mundo feminino, gerando uma mistura de caráter alternativo e distinto nos interiores.

Tem uma grande presença no mundo da moda; está bem estabelecida, especialmente em vestidos femininos. No entanto, no design de interiores, ela não possui grande relevância, apesar de ser um tom muito interessante para construir o design dos espaços.

Além disso, pode-se dizer que ela é gentil e refinada. Na verdade, descreve a própria personalidade do morador, refletindo o seu gosto ao escolher essa cor como a favorita para decorar os interiores. De qualquer forma, ela não deve dominar de forma absoluta, sendo interessante, portanto, que haja um contraste.

Uma cor que gera serenidade e calma pessoal.

Onde aplicar esta cor?

Verde-esmeralda, a sutileza refletida na decoração

É possível que surjam dúvidas sobre a aplicação do verde-esmeralda: em que recursos podemos aplicá-lo? Onde ele fica melhor? Diante dessas questões, é necessário ter clareza sobre o objetivo que queremos conseguir e como poderemos alcançá-lo. Vejamos 5 recursos onde ele se encaixaria perfeitamente:

  1. O sofá da sala é um ponto chave na decoração. Se aplicarmos essa cor, ele se tornará uma peça atraente que transmite não apenas uma sensação de conforto, mas também oferece uma aparência suave e aveludada, com um certo toque glamouroso.
  2. Para contrastar, coloque uma mesa com as cadeiras em tons claros (branco ou cinza); essa cor é um princípio muito interessante para trabalhar a combinação cromática. Porém, é necessário lembrar a importância de que haja um diálogo adequado entre os recursos.
  3. As cortinas são outro componente que pode promover a diferenciação com as paredes; no entanto, é necessário que elas tenham um tom claro, pois a relação entre o verde-esmeralda e o azul-escuro ou o preto não deve ser feita sob nenhuma circunstância.
  4. Para dar um toque muito mais sofisticado para a casa, molduras de espelhos, quadros e janelas podem ter essa cor. No fundo, ela oferece uma certa naturalidade por ser um verde que também pode ser visto em algumas plantas no campo.
  5. As almofadas do sofá combinam perfeitamente com os sofás de tom neutro. Mas será ainda melhor se estiverem relacionadas a uma superfície clara como o branco.

A sua função nas paredes

Verde-esmeralda, a sutileza refletida na decoração

Se você deseja cobrir um espaço com essa cor, o melhor é que esteja presente nas paredes; dessa forma, ela ganhará destaque e transmitirá uma sensação de calma, seriedade e glamour.

É preciso ter em mente que o verde-esmeralda possui diferentes graduações; no entanto, a original e que mais predomina é a escura. Por esse motivo, é importante realizar uma diferenciação cromática com os móveis e a decoração.

Por exemplo, uma maneira de contrastá-lo diretamente seria através dos tons terrosos da madeira do chão, bem como do branco puro que pode ser visto em alguns móveis.

Objetos decorativos em verde-esmeralda

Sem dúvida, o verde-esmeralda pode aparecer em alguns objetos decorativosNo caso dos vasos, ele é aplicável para que eles se destaquem visivelmente onde quer que estejam.

Outro caso especial são as luminárias de mesa, cuja cúpula pode ser dessa cor e demonstrar certa serenidade e distinção. Por outro lado, é nos tapetes que ele não teve muito reconhecimento até agora, uma vez que, neste elemento, ele fica completamente apagado.

 

  • Atkins, Caroline:Colorea tu hogar, Londres, Ceac, 2003.