Recursos para dar um toque vintage à sua casa

Neste tipo de decoração, colocamos determinados componentes que nos fazem lembrar o passado sem que a casa pareça antiquada.
Recursos para dar um toque vintage à sua casa

Última atualização: 07 Março, 2021

Todos nós sabemos que no mundo da decoração existem diferentes procedimentos para desenvolver uma estética que se adapte aos nossos gostos. Atualmente, podemos combinar estilos e aplicar diferentes recursos para dar um toque vintage ao lar.

Às vezes, tendemos a escolher designs contemporâneos que sejam típicos das novas tendências oferecidas pelos designers de interiores. Eles são certamente uma boa aposta, mas outras fórmulas atraentes e interessantes também podem ser desenvolvidas.

É hora de olhar para o passado, analisá-lo e extrair tudo o que realmente gostamos. No fundo, é uma forma de trazer uma personalidade própria ao conjunto, sendo ao mesmo tempo original e sofisticado, proporcionando uma certa elegância ao ambiente, mas com um sentido especial.

O que significa “vintage”?

Textura de madeira envelhecida- um toque antigo

Este conceito se refere a tudo o que tem a ver com o antigo, que nos lembra o passado e com um certo conteúdo histórico. No fundo, também é aplicada uma perspectiva nostálgica e agradável, onde a estética se entrega a princípios já conhecidos.

Em nenhum momento vamos deixar a casa antiquada; na verdade, é aplicada uma linha clássica ou tradicional, mas sem uma perspectiva estritamente antiquada. Portanto, não podemos dizer que está “fora de moda”, mas devemos trabalhar uma releitura de um conteúdo já conhecido.

Não podemos cometer o erro de pensar que, utilizando recursos antigos, vamos gerar um ambiente sem graça e desatualizado. O objetivo é que trabalhemos de tal forma que possamos unificar conteúdos atuais combinados com outros do passado.

Pode ser trabalhoso, mas o resultado é surpreendente.

Aplicando um toque vintage à casa

De que forma podemos trabalhar nesta linha decorativa? Deve-se levar em consideração que objetos, móveis, cores e distribuição têm um impacto significativo. Ou seja, a própria decoração e o design de interiores estão sob preceitos definidos. Vejamos alguns exemplos:

  • Móveis antigos um pouco deteriorados podem ser reaproveitados. Para isso, eles devem ser restaurados e incorporar uma aparência desgastada que reflita a passagem do tempo, mas sem que o material esteja em mau estado.
  • Poltronas com apoio de braços com assento e encosto acolchoados são uma boa aposta. Além disso, eles costumam ter um estofamento com estampas que reflete um conteúdo e é feito de tons que chamam a atenção.
  • Luminárias de mesa de cobre ou do tipo Tiffany nos lembram do modernismo do final do século XIX e início do século XX. Elas nos ajudam a produzir um efeito visual e estético marcante, oferecendo uma aparência mais interessante, colorida e original.
  • A utilização de determinados recursos, como vasos, fotografias em preto e branco ou pinturas pictóricas, conferem ao espaço um sentido mais colorido e ilustrado. Não se trata de ostentar, mas sim de alcançar um sentido próximo do vintage.

Como trabalhar os pisos e conseguir um toque vintage?

Pavimentos exteriores em cerâmica-toque vintage

É importante que os pisos desempenhem uma determinada função. Hoje em dia, tendem a ficar em segundo plano, onde a funcionalidade ganha espaço; no entanto, existem outras possibilidades que podem ser particularmente atraentes.

Um caso especial são os ladrilhos hidráulicos para espaços como o banheiro ou a cozinha; no entanto, existe uma tendência atual em que as salas de estar começam a ser decoradas com esses tipos de materiais. Também podem ser feitas combinações de pisos de porcelana ou porcelanato.

Por outro lado, não devemos esquecer outra solução muito eficaz: o uso de tapetes. Com eles o chão fica decorado e mais confortável. Além disso, pode ser utilizado um design definido e marcante como o tapete tipo persa.

A decoração vintage tem um certo toque pitoresco.

Cores: faça a escolha certa

Em relação às cores, não há por que temer a escolha que se faz. Na verdade, devemos estar atentos aos elementos que estarão presentes na decoração e, a partir daí, organizar os tons que nos interessam.

Geralmente, os tons neutros assumem uma relevância notável, mas não devemos esquecer que outros como turquesa, granada ou azul-escuro tiveram grande importância em épocas anteriores.

Para resumir, para alcançar um toque vintage, devemos estar atentos aos modelos do passado, mas incorporados a uma estética do presente. Dessa forma, podemos alcançar uma decoração original e cheia de personalidade.

Pode interessar a você...
Tapetes de estilo vintage: um olhar para o passado
Decor Tips
Leia em Decor Tips
Tapetes de estilo vintage: um olhar para o passado

As antiguidades estão na moda.Um caso especial é o dos tapetes de estilo vintage: uma olhar para o passado para trazê-los de volta ao presente.



  • Emma, Callery: Enciclopedia práctica de la decoración, Everest, 2001.
  • Wilson, Judith: La casa vintage: tesoros con estilo para un hogar muy chic y actual, Océano Ámbar, 2009.