Pintura decorativa para renovar as suas paredes

01 Setembro, 2020
Você gostaria de mudar a aparência das suas paredes, mas não sabe qual é a melhor técnica? Não se preocupe, porque o ajudaremos a resolver as suas dúvidas.
 

A pintura decorativa servirá para dar às paredes da sua casa uma aparência diferente. Mostraremos um pequeno guia para que você escolha a que for mais interessante para o seu lar.

Tome nota e não perca os detalhes, para que você acerte na sua escolha e as suas paredes fiquem mais atraentes. Esponjado, com pente, estêncil… Parecem familiares?

Pintura decorativa, muitas possibilidades

Esponjado: perfeito para ampliar o espaço

Pintura decorativa para renovar as suas paredes

Imagem: pinterest.es

Com a ajuda de uma esponja natural, é possível obter um efeito de luz e sombra que ajuda a ampliar o espaço visualmente. Para aplicar essa técnica, recomenda-se o uso de cores suaves e da mesma faixa cromática.

É preferível usar o esponjado apenas em um ou dois cômodos da casa, ou então para destacar a parede principal de um cômodo grande, uma vez que a aplicação na casa inteira pode ficar cansativo.

É uma técnica adequada para superfícies irregulares, pois as manchas no seu acabamento final escondem muito bem as imperfeições. Mesmo assim, ela também se adapta a qualquer superfície.

Pintura com pente: ideal para paredes irregulares

Pintura decorativa para renovar as suas paredes
 

Imagem: pisos.com

Essa técnica de pintura é feita delineando a parede com um pente de dentes largos, após a aplicação de uma pasta niveladora para ocultar todas as imperfeições.

A pintura com pente é altamente recomendada para a aplicação em superfícies irregulares, pois a pasta base consegue ocultar os seus defeitos, além de proporcionar uma aparência mais uniforme.

É ideal para salas, corredores e halls de entrada, e as cores suaves, como o ocre e os tons terrosos, são as mais adequadas para destacar o seu efeito decorativo, aconchegante e, ao mesmo tempo, muito natural.

É uma técnica que combina perfeitamente com móveis de madeira escura e tecidos claros. Entretanto, lembre-se de que é interessante que ela seja feita por um profissional.

Pintura decorativa com estuque falso: paredes aveludadas

Pintura decorativa para renovar as suas paredes

É aplicado nas últimas camadas de tinta para obter efeitos transparentes e sombras interessantes. As paredes adquirem uma aparência aveludada; é aconselhável usar tons quentes, como ocre ou baunilha.

Existe outra variedade, a óleo, feita com tintas a óleo e aguarrás, que oferece um acabamento mais brilhante e uma maior textura. Tem a vantagem de poder ser aplicada em qualquer ambiente.

 

Pontilhado: acabamento irregular e muito natural

É feito a partir de pastas ou tintas engrossadas com aditivos. Oferece um acabamento de aspecto irregular e natural, com textura porosa, que varia de acordo com a luz.

Em tons neutros ou terrosos, é muito apropriado para ambientes rústicos e também para ambientes como a cozinha, devido à sua grande resistência à passagem do tempo. Uma boa ideia é combiná-lo com uma raspagem para dar um acabamento semelhante à pedra natural.

Veladura: combinação de tons e texturas

Pintura decorativa para renovar as suas paredes

Imagem: pinterest.es

Essa técnica, que utiliza tintas a óleo e aguarrás como solvente, permite a combinação de diferentes cores, adicionando textura e profundidade às suas nuances. Desta forma, é gerado um acabamento muito decorativo.

A veladura permite imitar a aparência de uma parede antiga e recriar ambientes rústicos. É adequada para salas e quartos juvenis, pois é muito resistente.

Não se esqueça: os tons quentes e claros são os que mais permitem que os seus belos efeitos nas paredes sejam apreciados. No entanto, você precisa de paredes lisas e sem poeira para que o resultado seja perfeito.

 

Pintura decorativa com pigmentos naturais: uma descoloração muito elegante

Os pigmentos naturais são obtidos a partir de minerais e as pinturas com cal e silicato são as mais representativas. Geralmente, elas são aplicadas com uma brocha, criando assim um efeito de listras descoloridas que é potencializado pelo uso da cal que tende a absorver o pigmento.

Elas oferecem um acabamento irregular com cores diluídas. Lembre-se de que, dada a sua textura, essa técnica é muito apropriada para dar um ar rústico a um espaço ou a uma casa inteira e, por outro lado, as paredes não precisam ser tratadas previamente.

Trapeado: um efeito muito luminoso

Pintura decorativa para renovar as suas paredes

Imagem: pinterest.es

Esta técnica é aplicada por meio de suaves batidas irregulares na parede, usando um pano amassado. As marcas são mais acentuadas do que as obtidas com a esponja, por isso é recomendável escolher cores claras sobre uma base neutra.

É muito vantajosa para a decoração de interiores, uma vez que amplia os espaços e fornece luminosidade. É ideal para salas de estar, halls de entrada e corredores. O acabamento com cera ou verniz proporciona um efeito mais elegante.

 

Pintura marmorizada: aparência de pedra natural

Parede marmorizada

Com a pintura marmorizada, é possível imitar a aparência do mármore, do granito e das pedras semipreciosas. Apesar de sua aparência áspera, a sua textura é lisa.

Para que se pareça com o mármore, é possível fazer sulcos, simulando placas. As cores mais usadas para recriar essa técnica são ocre, marrom e cinza. Devido ao seu acabamento peculiar, é muito apropriada para o banheiro.

O que você achou dessas oito técnicas de pintura? Agora, você já pode tomar uma decisão para redecorar a sua casa. Qual delas você escolheu?