Evite sobrecarregar a decoração

28 Novembro, 2018
Pense se sua casa está se tornando uma loja de elementos decorativos: móveis, objetos, vasos, fotografias, tapetes... Você deve saber como selecionar a decoração e evitar sobrecarregar o ambiente.

Quando se trata de decorar, não é necessário dispor objetos, móveis e outros recursos por todos os cantos até que se torne um “horror vacui“. Por isso, evite sobrecarregar a decoração.

A ordem e a organização correta da casa é algo essencial para nos sentirmos à vontade, tanto pessoal como sazonalmente. Assim, deixar espaços sem decoração também ajuda no design interior e, por sua vez, gera um equilíbrio no ambiente.

Dessa forma, é necessário permitir que o espaço seja oxigenado com partes decoradas e outras que não estejam. A atmosfera que envolve a nossa estadia deve ser agradável e não gerar tensão ou sobrecarregar a nossa visão.

Por que evitar sobrecarregar a decoração

Evite sobrecarregar a decoração

Parede sobrecarregada / pinterest.es

Quando são colocados nos ambientes recursos decorativos em excesso, podem gerar algum desconforto e a casa fica parecendo um depósito. Nós não percebemos que tudo que é trazido para a casa terá que ser colocado em algum lugar.

Muitas vezes transformamos a sala em um museu de peças decorativas e móveis. Devemos nos perguntar se realmente é útil ter 4 lâmpadas, 4 prateleiras cheias de livros e objetos, muitas cadeiras, todo o chão coberto de tapetes, etc.

Obviamente, essa sobrecarga interna produz uma inquietação excessiva. Esse fato gera inconformidade, estresse e desconforto. Portanto, devemos considerar se estamos decorando ou se estamos armazenando.

– É melhor ter 5 objetos bem distribuídos do que 15 esparramados pela casa. –

Outra maneira de decorar sem cair na sobrecarga

Quando você vai comprar produtos e móveis para a decoração da sua casa, deve ter muito claro o que precisa, qual objetivo quer alcançar e saber selecionar corretamente na loja. Você pode colocar em prática os seguintes passos:

  • Observe o espaço antes de prosseguir com a decoração. Se você acha que há algo antigo do qual possa se desfazer, faça isso sem hesitação e, assim, gere mais espaço.
  • Faça uma lista dos elementos que você precisa e vá para diferentes espaços comerciais para escolher o que melhor se adapta ao seu gosto.
  • Use a cabeça e decida racionalmente. Nem tudo que você gosta deve comprar; é importante escolher o que mais precisa sem cair no consumismo.
  • Compre aquilo que realmente achar que é fundamental. Compare entre produtos e selecione o melhor; então, leve para casa apenas uma coisa de cada item e não 4 apenas pelo fato de estar em dúvida.
  • Fazer uma imagem mental ajuda muito quando se trata de saber se a decoração vai se encaixar bem em cada espaço da casa.
Planejar para não sobrecarregar a decoração

A correta disposição dos objetos em casa

Para colocar cada elemento decorativo em casa, não é necessário fazê-lo de forma aleatória; trata-se de fazer uma disposição que atenda às suas necessidades e com a qual você se sinta confortável. Por exemplo, vamos ver quais passos seguir na decoração de uma sala:

  • Primeiro, tenha em mente onde ficarão os móveis. Normalmente, são orientados para a televisão; por isso, estude bem onde colocar principalmente o sofá, a mesa baixa central e o tapete.
  • Depois, você poderá colocar uma ou duas prateleiras; não é aconselhável colocar mais de 2, pois se tornaria uma biblioteca.
  • Pode-se colocar uma mesa de jantar com um número limitado de cadeiras; não comprar em excesso para que, assim, não tenham que ser guardadas em outro cômodo ou na sala de estar.
  • Decore as paredes com 2 ou 3 quadros; não é necessário ocupar todas as paredes. Assim, a cor da parede poderá ficar mais visível.
  • Nas prateleiras ou mesas é preferível não sobrecarregar com muitas figuras, plantas, vasos, fotografias, esculturas, etc. Selecione o que for melhor.

O que se consegue com tudo isso?

Decoração leve, não sobrecarregada

Em primeiro lugar, se estas diretrizes forem seguidas, conseguiremos uma oxigenação incomparável do espaço. Poderá haver partes e cantos sem que haja nada, mas é precisamente isso que faz a decoração “respirar”.

Em segundo lugar, será mais fácil realizar a limpeza, tanto do piso quanto dos móveis. Quando se tem uma prateleira cheia de coisas, para limpá-la pode-se gastar até meia hora só com isso.

Finalmente, podemos dizer que o que se conseguirá é conforto e bem-estar. Não há nada melhor do que chegar em casa e se sentir confortável.