Como a umidade afeta as roupas no armário?

09 Outubro, 2020
A umidade é uma das maiores adversidades que geralmente enfrentamos. Nenhuma casa está a salvo do seu aparecimento, podendo afetar até mesmo as nossas roupas.

A nossa casa está exposta a diferentes adversidades. Uma das perguntas que geralmente nos fazemos é a seguinte: como a umidade afeta as roupas no armário? Se não quisermos arruinar as nossas roupas, tendo que nos desfazer delas, é melhor procurarmos por soluções eficazes.

A prevenção é a melhor maneira de evitar problemas; no entanto, pode acontecer que, sem percebermos, a umidade invada a nossa casa e passemos a sofrer as consequências.

Caso não tenhamos sido prevenidos e tivermos chegado a um ponto sem volta, o ideal é conhecer e analisar os inconvenientes causados pela umidade dentro do armário e quais são as soluções aplicáveis, especialmente se forem embutidos.

Como a umidade chega ao armário?

a umidade afeta as roupas no armário

O armário é um móvel que geralmente fica encostado na paredeIsso faz com que não possamos ver exatamente o que está acontecendo atrás dele; em outras palavras, esta é uma área vazia e sem controle.

Quando há umidade na casa, ela é percebida diretamente e, além de tudo, também produz um odor característico. Caso haja um móvel de madeira no local onde ela está presente, a umidade e o mofo que se desenvolvem se espalharão com um caráter invasor.

Nesse sentido, é preciso ter em mente que a disseminação por todo o material ocorrerá de forma impressionante, afetando, sem dúvida, tudo o que estiver guardado dentro do armário. Ela invade até mesmo os tecidos.

É preciso ter cuidado com a umidade, pois ela pode se expandir em pouco tempo.

Como a umidade afeta as roupas no armário?

A primeira coisa que devemos saber é a forma como a umidade afeta as roupas no armário. A partir de então, poderemos tomar as medidas apropriadas para solucionar esse grave incoveniente. Vejamos 4 problemas enfrentados pelas nossas roupas:

  1. O mais sério de todos é, sem dúvida, a deterioração do material. Não importa o tipo de tecido da roupa (linho, algodão, couro sintético, couro…). Qualquer peça pode ser invadida pela umidade e ter grande parte de sua superfície destruída.
  2. O mofo é um agente nocivo que invade a madeira e as roupas e que, às vezes, é invisível. Geralmente aparece de diferentes formas, mas normalmente se manifesta através de pontos escuros, tanto na parte externa quanto na interna. Em roupas escuras, pode ser visto como um tom esbranquiçado.
  3. O mau cheiro é outra das condições enfrentadas pelo guarda-roupa. Por ser um espaço fechado, a umidade produz um odor intenso que também é absorvido pelas roupas. De fato, para removê-lo, é preciso fazer várias lavagens e, às vezes, nem assim é possível eliminá-lo.
  4. As roupas precisam de um ambiente seco; por isso, quando ficam aquecidas e com umidade, geralmente surge um efeito molhado, algo que não é benéfico de forma alguma. A longo prazo, as texturas e formas perdem a sua aparência original.

Soluções preventivas se a umidade afetar as roupas

a umidade afeta as roupas no armário

Sem dúvida, a melhor maneira de evitar o aparecimento da umidade é conhecendo a casa: como ela foi construída, os materiais utilizados, o posicionamento geográfico, as adversidades que ela enfrenta, etc. É preciso ter um cuidado especial com a madeira.

Ela também não deve ser negligenciada; é necessário observar e estar atento. Muitas vezes, quando saímos de férias por um longo período, quando deixamos a casa vazia por vários meses ou quando a deixamos fechada, não verificamos qual é a sua situação e a umidade tem caminho livre para se instalar.

Assim, se houver umidade na parede, antes que ela passe para o armário, é necessário removê-la e aplicar bloqueadores. Caso ela invada os móveis, devemos restaurar a madeira imediatamente. Todo o tempo que perdermos estará jogando contra nós.

Outra maneira de proteger as roupas no armário

Caso as nossas roupas estejam em risco, precisamos encontrar outras maneiras de protegê-las. Existem capas para guardar as roupas. Pode ser inconveniente colocá-las em todas as roupas; por isso, poderíamos recorrer a essa solução para ternos e vestidos que não usamos regularmente.

É melhor colocar as roupas que usamos diariamente em espaços mais abertos do armário e que não estejam continuamente encostados nas paredes. De qualquer forma, o melhor a fazer é manter a casa bem isolada da umidade.

 

  • Rougeron, Claude: Aislamiento acústico y térmico en la construcción, Barcelona, Editores técnicos asociados, 1977.