Como a poluição das ruas afeta a nossa casa?

17 de junho de 2020
Você considera a sua casa um espaço saudável para viver? Verifique se existem poluentes que afetam o seu dia a dia.

Residir em uma grande cidade tem as suas desvantagens, especialmente se o endereço estiver localizado em uma área com muito tráfego. Por isso, refletiremos sobre a seguinte questão: como a poluição das ruas afeta a nossa casa?

Embora possa não parecer, a poluição das grandes cidades também afeta a nossa casa e, por consequência, a nossa saúde. É importante que saibamos detectar quais poluentes podem penetrar através das janelas e tubulações e como eles se manifestam nos interiores.

Você certamente pensará em diversos fatores que, de uma maneira ou de outra, se manifestam dentro de casa. No entanto, outros ainda passam despercebidos. Então, como podemos detectá-los? Será que realmente conhecemos a situação ambiental da nossa casa? Ela está contaminada?

Poluição das ruas na nossa casa: a fumaça dos carros

a poluição das ruas

Se você mora em uma cidade onde o tráfego é contínuo, a sua casa pode ser afetada pela fumaça dos carros. Estamos falando de um grave problema de poluição do ar, não apenas porque ele é respirado por nós, mas porque o interior da casa também fica impregnado.

Com o passar do tempo, você poderá notar que os móveis estão escurecendo e perdendo a sua cor natural. Além disso, é conveniente remover a poeira semanalmente, pois as partículas armazenadas na superfície produzem sujeira. É recomendável usar um purificador de ar natural que elimine os maus odores.

No entanto, as paredes são os principais receptores de fumaça. Nelas, é possível verificar como isso as afeta diretamente. Elas geralmente escurecem ao longo dos anos, e isso significa que devemos pintar as paredes novamente para, dessa forma, obter um ambiente mais higiênico.

Examine a situação da sua casa e verifique se a fumaça dos veículos está afetando a decoração.

3 problemas em relação à poluição da água

a poluição das ruas

Você provavelmente já abriu a torneira e saiu água suja. Isso acontece às vezes devido a obstáculos na tubulação das ruas, o que pode ser resolvido em pouco tempo. No entanto, também existem outros problemas graves que devemos considerar.

Primeiramente, você deve se perguntar o seguinte: você considera que a água que usamos diariamente está em boas condições?

  • É necessário verificar o material dos canos da sua casa. Se eles forem de chumbo, então terão que ser trocados, pois poderão se tornar agentes poluentes ao liberar partículas tóxicas que afetam a nossa saúde diretamente.
  • A saturação de resíduos nas tubulações das ruas pode causar entupimentos internos que, a longo prazo, podem causar uma deterioração do sistema de drenagem e, consequentemente, um fluxo insuficiente de água para as estações de tratamento de esgoto.
  • Se você mora em uma cidade onde a chuva é abundante, é possível que os bueiros não estejam drenando bem a água. Isso pode gerar alguns problemas de mau cheiro e a proliferação de insetos que podem entrar na sua casa. Quando não há uma higiene urbana adequada, as casas também são afetadas. 

A iluminação das ruas, outro fator a ser considerado

a iluminação das grandes cidades

As ruas têm uma iluminação potente baseada em lâmpadas de LED a fim de economizar luz e fornecer a máxima potência durante a noite. Nesse caso, há um claro fator de contaminação, pois as luzes entram diretamente na casa.

É possível que haja um poste de luz ao lado de uma janela e, para evitar a entrada de luz artificial, você precise usar uma cortina que se feche completamente. Sem dúvida, isso se torna um verdadeiro problema quando queremos dormir no escuro. Portanto, a luz está nos condicionando.

Já foi comprovado que a poluição luminosa produz efeitos prejudiciais para o nosso cérebro, uma vez que é uma dor de cabeça se sempre recebermos iluminação dentro de casa sem desejarmos.

Se você sofre com a poluição luminosa, informe a prefeitura para solucionar a situação.

Poluição das ruas na nossa casa: o barulho

poluição sonora

Cada vez mais plataformas estão mostrando que o barulho é um agente poluente que afeta o nosso estado emocional. Ele causa distúrbios do sono, ansiedade, impaciência e a aceleração do ritmo cardíaco.

Tráfego rodoviário, bares, agitação, etc., são as principais fontes de emissão acústica. Portanto, é conveniente procurar sistemas de isolamento acústico para evitar os problemas causados pelo barulho.

  • Paz Maroto, José: La contaminación ambiental y sus problemas, Madrid, Real Academia Nacional de Medicina, 1971.