As 6 regras básicas de Marie Kondo

31 Agosto, 2020
Se dissermos que traremos o melhor resumo da filosofia de Marie Kondo para transformar a sua casa em um paraíso da organização, você se interessaria? Então, continue lendo.

Talvez você ache que já sabe tudo sobre organização e pode ser que você tenha razão. No entanto, há tanta informação a respeito que pode ser difícil estabelecer um método. Por isso, queremos facilitar as coisas para você trazendo as 6 regras básicas de Marie Kondo para que a sua casa esteja em ordem em um piscar de olhos.

Se você seguir os conselhos de uma das maiores especialistas do mundo, terá uma casa mais limpa e com muito mais espaço.

As regras de Marie Kondo

regras básicas de Marie Kondo

1ª Regra de Marie Kondo: a organização é um compromisso de longo prazo

A ideia é integrar essas rotinas ao seu estilo de vida, obter uma mudança de hábitos e se apaixonar pela ‘Mágica da Arrumação‘, como a própria Marie Kondo. Será inútil arrumar tudo se depois de dois dias a bagunça voltar a tomar conta de cada um dos cantos da sua casa.

2ª Regra: sonhe com a vida que você deseja

Acredite ou não, visualizar a vida que você quer ajuda – e muito – a alcançar os seus objetivos.

Uma das regras básicas de Marie Kondo é que, antes de começar a arrumar a sua casa, você dedique alguns minutos para imaginar como seria a vida que você deseja. Seja o mais específico possível e não economize em detalhes sobre como será cada um dos espaços quando você atingir o seu objetivo.

Esta é uma maneira de manter a motivação. Além disso, assim será muito mais fácil materializar tudo isso na sua própria casa.

3ª Regra de Marie Kondo: agora sim, comece a descartar

Uma das regras básicas da organização que essa guru japonesa ensina é a de que você deve aprender a se livrar de todas as coisas desnecessárias que mantém. E não estamos falando apenas do que você deixa guardado no armário ou na despensa da cozinha, já que isso também funciona em um nível mental.

O método KonMari o convida a tirar do armário tudo o que está guardado antes de começar a organizar. Quando tudo estiver do lado de fora, você se surpreenderá com a quantidade de coisas armazenadas.

Para ela, essa é a única maneira de fazer com que você se torne realmente consciente de tudo o que não usa mais e que pode reciclardoar ou jogar fora, conforme o caso.

4ª Regra: organizar por categoria, não por lugares

regras básicas de Marie Kondo

Essa é uma das regras mais importantes porque, como regra geral, ela costuma ser mal executada. Ao arrumar a sua casa, você vai de cômodo em cômodo e sente que nunca consegue terminar?

Para Marie, é essencial que você não organize por espaços, mas sim pelo tipo de objeto. Para que fique mais claro: você pode organizar os alimentos; depois, as roupas e, finalmente, os livros…

Além de ser a maneira mais rápida de organizar, também é a mais eficaz, pois o obriga a fazê-la do início ao fim.

5ª Regra: uma ordem para a organização

Embora a recomendação seja organizar por categorias, o método o aconselha a não organizar de uma forma aleatória, mas sim com uma ordem específica: roupas, livros, papéis, komono (este é o termo usado para se referir a objetos variados) e itens sentimentais.

Mais uma coisa: ela também aconselha que você não tenha mais do que 30 livros. Além disso, você deve tirar as fotos dos álbuns e manter apenas as que você mais gostar. Sim, isso parece algo muito difícil de ser feito.

6ª Regra de Marie Kondo: a alegria é a chave de tudo

A filosofia que ela deseja transmitir com essas 6 regras básicas de organização é a de que você se sinta em paz com o mundo e consigo mesmo. Por isso ela sugere que você se pergunte sobre a felicidade que cada um dos objetos que você tem em casa lhe traz.

Este ponto é essencial para evitar compras desnecessárias e para ter uma casa que esteja realmente de acordo com os seus gostos e necessidades.

Então agora você já sabe: visualize, siga uma ordem, trabalhe por categorias e pergunte a si mesmo sobre a felicidade que as coisas ao seu redor lhe trazem.