Algumas dicas para decorar com leques

20 Dezembro, 2018
Sejam de pano, papel ou madeira, os leques são objetos decorativos que podem ficar espetaculares, tanto em interiores quanto exteriores.

Durante séculos, os leques fora complementos de moda com muito destaque, especialmente no Oriente, onde surgiram. Com o passar do tempo, o seu uso alcançou outros patamares. Hoje em dia, é normal decorar com leques tanto ambientes interiores quanto exteriores.

Dependendo do material que é feito, tecido, madeira, papel, plástico, ele é capaz de trazer um toque especial aos ambientes onde é colocado. Mesmo hoje em dia, esses objetos delicados não deixam de chamar a atenção com a sua aparência e encanto histórico.

O modelo espanhol, dobrável e semicircular, é um dos tipos mais comuns. Mesmo assim, devido a sua comercialização como souvenir, existem outros modelos, como os chineses e japoneses, que são redondos.

leques

Truques para decorar com leques

  • Os leques de madeira, sem pintura, apesar de parecerem muito simples, podem ficar muito elegantes em diferentes tipos de decoração: minimalista, nórdico, rústico, etc.
  • Por outro lado, os leques de madeira pintados com cores neutras e com motivos simples e delicados são perfeitos para livrarias, por exemplo.
  • Decorar com leques de papel traz um toque divertido e colorido aos dormitórios. No entanto, eles têm mais uso na decoração de espaços de festa.
  • É preciso evitar os leques de plástico, se quisermos um resultado atraente e elegante. Isso porque será preciso tomar cuidado com os leques danificados.
  • Se quisermos colocar os leques sobre uma mesa ou qualquer outra superfície, poderemos colocá-los em bases ou suportes para leques. Assim, não se fecharão e nem cairão no chão.
  • Se tivermos vários leques, poderemos fazer composições muito interessantes para trazer dinamismo aos espaços. Em geral, as composições são de três leques, de tamanhos diferentes.

A chave para decorar com leques está em prestar atenção nos materiais e na criatividade para criarmos composições.

Leques de plumas

Sem dúvida alguma, os modelos de plumas podem ser utilizados como acessórios para a decoração de interiores. De acordo com a cor e a qualidade das plumas, podem trazer mais ou menos sofisticação aos quartos, corredores e, até, salas de estar.

Por exemplo, um leque com corpo de madeira e plumas brancas, de tamanho grande, poderá ficar lindo em uma parede, alguns centímetros acima da linha onde começa o sofá ou uma estante horizontal. Para destacá-lo ainda mais, é possível combiná-lo com outros de madeira, menores e sem plumas.

Você sabia que os leques de plumas reais eram um dos acessórios das classes mais altas da sociedade do antigo Oriente e da Índia?

Outro exemplo de magia e beleza são os leques feitos com plumas de pavão real (verdadeiras ou sintéticas). Eles trazem um toque exótico à decoração e, é claro, um toque de cor também. Se você tem uma decoração em tons neutros, quentes, os modelos com plumas de pavão podem ficar lindos no seu espaço.

Se a manutenção das plumas o preocupa, você poderá optar por uma solução moderna e elegante: colocá-los dentro de uma urna de vidro ou emoldurá-los.

Nesse sentido, recomendamos as molduras simples, sem ornamentos. Isso para não criar uma competição entre o leque e a moldura.

Por outro lado, se você tem mais de três modelos, tente buscar soluções diferentes. Isso porque, se você optar por emoldurar todos, correrá o risco de que o ambiente adquira um ar de museu.

Em exteriores

Os grandes leques de madeira podem ficar bem em terraços e varandas. Se os combinarmos com uma decoração boêmia ou romântica, eles trarão um ‘algo mais’, misterioso e sedutor, que sem dúvida, ajudará a criar atmosferas mágicas.

Anime-se e faça vários testes até que você consiga decorar com leques da maneira que mais gostar. Lembre-se, eles podem ficar muito bem até em decorações do estilo minimalista. A questão é escolher os modelos corretos.