A versatilidade do espaço no design

09 Dezembro, 2018
A versatilidade do espaço na decoração é um conceito muito importante. Se não lhe dermos a devida importância, não aproveitaremos ao máximo cada objeto e cada espaço da casa.

A versatilidade do espaço no design de um ambiente é uma das maiores complicações na hora de aproveitar e explorar uma superfície. É por isso que a coerência entre design e função é um dos assuntos mais importantes na hora de criar uma solução arquitetônica para um ambiente.

Na maioria dos casos, os problemas não estão nas dimensões, e sim na criatividade que se tem para fazer de qualquer espaço um lugar funcional e atrativo.

A versatilidade na decoração de um espaço é um aspecto imprescindível. Não deve perder o seu protagonismo quando falamos de espaço e do seu total aproveitamento. A capacidade de adaptação gerada quando distribuímos corretamente os móveis dentro de uma área traz dois benefícios: funcionalidade e praticidade.

Cada espaço possui um caráter diferente dependendo do estilo que queremos dar a ele. Assim, poderemos dar um toque mais sério ou, por outro lado, mais descontraído.

Os móveis e os complementos têm um papel muito importante, já que permitem separar ambientes e ganhar espaço útil.

Mas, o que acontece quando temos um apartamento pequeno? Neste caso, o mais importante é aproveitar ao máximo os espaços. Mas, se além disso, você puder dar um toque de design, será muito melhor.

No post de hoje, falaremos sobre como conseguir um aproveitamento máximo do espaço sem deixar de lado os estilos mais apropriados para ele.

Como distribuir os móveis corretamente

Muitas vezes nos perguntamos se realmente estamos tirando o máximo proveito da casa e se os móveis estão colocados de acordo com alguns critérios para conseguirmos funcionalidade. Nesse sentido, falaremos de alguns truques sobre como distribuir os móveis para criar áreas diferentes. Há muitos recursos que lhe permitem separar ambientes, mas os mais comuns são os sofás e as prateleiras.

Os sofás delimitam muito bem a chamada “área de conversação” do espaço: você pode fazer um grupo de móveis ao redor da mesa de café, as poltronas, o tapete e o sofá. Não os deixe muito afastados para não dar uma sensação de vazio e nem muito juntos. A questão está em não saturar o espaço e conseguir um equilíbrio.

estantes como parede

Estante-parede / micasarevista.com

As estantes permitem que você crie “falsas paredes” e, além disso, armazene suas coisas dentro. Se você usar a altura das estantes, pode criar bancadas de trabalho entre a cozinha e a sala de jantar, por exemplo.

Estilos versáteis na decoração

A seguir, explicaremos várias tendências de estilo que se caracterizam pela versatilidade e praticidade.

Estilo industrial

Esse estilo tem a sua origem na arquitetura da indústria de Nova York dos anos 50. O seu principal atrativo visual é a colocação de tijolos antigos e materiais metálicos. Além disso, utiliza-se muito o aço exposto e elementos de madeira. No geral, é um estilo frio, rústico e um pouco rude. Esse estilo é ideal para dar sensação de profundidade, já que utiliza os materiais adequados para isso.

Estilo escandinavo

Esse estilo tem a sua origem nos países mais frios do norte da Europa, como Noruega, Dinamarca ou Suécia. Esses países se caracterizam por mesclar em seu design o artesanato com os processos industriais. Utilizam muitos materiais naturais como a madeira ou o mármore, combinando tudo com cores claras e linhas retas. O seu fundamento básico é a simplicidade, o conforto e, sobretudo, a funcionalidade. Esse estilo é perfeito para ganhar espaço, já que utiliza elementos naturais que dão amplitude à casa.

armário estilo escandinavo

Armário estilo escandinavo / homify.com

Estilo étnico

A ideia principal deste estilo é a utilização de mobiliário robusto e marcante, de linhas retas. É muito parecido com o escandinavo, com a diferença de que este é um estilo mais livre. Além disso, se concentra muito na utilização de acessórios e elementos específicos de diversas culturas étnicas. Com este estilo, você conseguirá dar um toque de personalidade à casa e criar um espaço único.

Estilo rústico

O estilo rústico de decoração tenta assemelhar uma casa de uma cidade grande com uma casa que dê a sensação de estar próximo a natureza. Com esse estilo, podemos dar esse toque rural-chique para uma casa.

A madeira tem um papel muito importante neste estilo, já que tudo o que se relaciona com a natureza e o campo tem muita relação com elementos naturais. As plantas também são importantes, já que dão esse toque de verde e frescor ao ambiente. Além disso, é um estilo muito casual, confortável e acolhedor.

estilo rústico

Estilo rústico em madeira / delikatissen.com

Todos os estilos se caracterizam pelo uso minimalista de materiais que dão uma sensação de amplitude. É importante descobrir qual é o estilo que melhor se encaixa com a sua personalidade, e que lhe permita tirar o maior proveito da sua casa. Se o que você quer é dar um toque funcional e versátil ao seu lar, qualquer um desses estilos é perfeito para você.