Mi Decoración
 

A tecnologia está desvirtuando o conceito de casa tradicional?

Os avanços que encontramos atualmente no mercado estão mudando a decoração e os equipamentos das casas. A tecnologia está cada vez mais presente e nos ajuda a progredir.
A tecnologia está desvirtuando o conceito de casa tradicional?

Última atualização: 10 Janeiro, 2021

As inovações estão presentes no nosso dia a dia. Na rua, no trabalho, nas relações pessoais e, certamente, em casa, encontramos todos os tipos de avanços que substituem os costumes mais arraigados. Será que podemos considerar que a tecnologia está desvirtuando o conceito de casa tradicional?

Todos nós sabemos muito bem que os sistemas de informática estão cada vez mais presentes em nossas vidas, a tal ponto que condicionamos as nossas casas aos novos recursos que, no final das contas, facilitam a nossa vida.

De qualquer forma, há quem prefira manter um estilo decorativo tradicional ou recorrer a eletrodomésticos básicos em vez de incorporar novas tecnologias. Isso provavelmente se deve à necessidade de continuar mantendo os padrões tradicionais.

Por que o conceito de casa tradicional está sendo desvirtuado?

A tecnologia

O que geralmente conhecemos como «o lar tradicional» segue um padrão próprio do passado. Isso não significa que ele se tornou obsoleto ou que não tenha possibilidades futuras. No entanto, a sua função e aplicação foram desvirtuadas, de certa forma.

As grandes marcas de decoração trabalham para projetar móveis mais originais, descontraídos e que representem uma revolução estética. Talvez seja essa a abordagem que ganhará espaço nas próximas décadas ao tentar oferecer uma estética mais contemporânea.

Ao mesmo tempo, a tecnologia eliminou inúmeros inconvenientes e esforços que antes estavam presentes: podemos baixar as persianas simplesmente apertando um botão, acender as luzes batendo palmas ou limpar os vidros com uma máquina autônoma.

As novidades técnicas abrem passagem no mercado para chegar a todas as casas.

O que está sendo perdido da casa tradicional?

Embora possa não parecer, algumas tendências estão mudando. Em certa medida, não se aplica um estilo personalizado e a possibilidade de desenhar os interiores fica a cargo de especialistas que, de forma imparcial, decoram sem prestar atenção ao jeito de ser dos moradores.

Vamos conhecer algumas das fórmulas que estão sendo perdidas e, por outro lado, veremos em que sentido a casa moderna está caminhando:

  1. Chegou a hora em que a superfície de uma parede será destinada à televisão; ou seja, ela recebe um protagonismo superior. Antes, porém, ela era integrada a um móvel e passava mais despercebida.
  2. O detalhismo foi posto de lado em favor de um generalismo estético onde prevalece a simplicidade e a diafaneidade. Os novos projetos de móveis se tornaram mais técnicos e não assumem uma relevância notável.
  3. Quanto à iluminação, a luz direta e funcional é mais promovida do que a luz geral e aberta. A luminária de teto central perdeu o seu determinismo e importância e agora os focos e as luminárias de mesa e de chão despertam maior interesse.
  4. Vários elementos domésticos foram automatizados a fim de ganhar conforto. Isso ocorre porque não passamos muito tempo em casa; sempre estamos com pressa para fazer as coisas rapidamente e queremos aproveitar cada momento sem perder um único minuto em outras minúcias. É assim que surge, por exemplo, a automação residencial (domótica).

A tecnologia na cozinha

A tecnologia

A casa tradicional se nutre, fundamentalmente, de utensílios de cozinha simples, básicos e funcionais. As receitas de sempre, aquelas que até agora foram feitas com os processos herdados dos nossos antepassados, estão ficando apenas na história.

Atualmente, temos panelas programáveis, robôs de cozinha, panelas que são comandadas através do celular, etc. Estamos diante de uma tecnificação que, na verdade, pode nos beneficiar em muitos campos, ajudando a economizar tempo, conforme podemos perceber com os eletrodomésticos.

Com tudo isso, não queremos fazer uma crítica negativa, mas sim falar no sentido positivo; no entanto, as ideias e abordagens que costumávamos aplicar para preparar a comida estão ficando para trás e, como resultado, outros desenvolvimentos muito interessantes estão sendo introduzidos.

A tecnologia atingiu todas as casas

Um aspecto a ser lembrado é que esses recursos tecnológicos podem chegar a todas as residências. Sem dúvida, podemos encontrar no mercado diferentes preços e tipos, mas também podemos obter produtos que, em termos de custo-benefício, são muito bons.

As classes mais ricas têm à sua disposição diversos dispositivos e elementos para equipar a casa; no entanto é possível considerar que o progresso não se limita a um pequeno grupo, mas sim tenta atingir toda a população.

As melhores marcas de aparelhos mini system

As melhores marcas de aparelhos mini system

A música não pode faltar em uma casa. No momento de comprar um mini system, você deve procurar por aqueles que tenham uma melhor qualidade.

 



  • Junestrad, Stefan; Passaret, Xavier; Vázquez, Daniel: Domótica y hogar tradicional, Madrid, Paraninfo, 2005.