A importância de definir metas antes de começar a decorar

Quando queremos definir corretamente o sentido da decoração, é importante estabelecer, desde o início, alguns objetivos e critérios a seguir.
A importância de definir metas antes de começar a decorar

Última atualização: 14 Julho, 2021

No mundo do design de interiores, uma série de parâmetros devem ser levados em consideração: os recursos a serem escolhidos, a distribuição dos móveis, o design, as combinações, etc. Mas antes de qualquer ação, é conveniente avaliar a importância de estabelecer metas antes de começar a decorar.

Às vezes, apenas repetimos modelos por falta de ideias ou de criatividade. Qualquer abordagem que propomos deve ser vista como uma oportunidade. Em outras palavras, pode ser extraído algo de positivo de tudo para criar um espaço confortável.

Somos nós que definimos os princípios e limites em casa. Os nossos gostos ficam refletidos, da mesma forma que a personalidade do dono da casa deve estar presente, pois é um fator essencial para embelezar os interiores.

Objetivo principal: bem-estar

A importância de definir metas antes de começar a decorar

O conceito de bem-estar pode ser aplicado a muitas áreas da vida. Está associado à saúde e ao conforto, por isso é um componente essencial para configurar o lar e, sobretudo, a meta a atingir.

A própria essência desse conceito se baseia na busca pela harmonia interna. Quando começamos a decorar, queremos chegar a este ponto, mas não é um processo fácil e não é realizado rapidamente. Na realidade, você só consegue atingir os seus objetivos visualizando onde deseja chegar.

Se acatarmos essa ideia, ficaremos muito mais tranquilos. Além disso, a harmonia é considerada o alicerce de qualquer família; por isso, numa casa tudo soma, tanto o ambiente de convivência quanto os recursos usados para a decoração.

Não se contente com pouco; é importante chegar o mais longe possível.

Defina suas metas antes de começar a decorar

Em primeiro lugar, é fundamental considerar as diferentes funções que a decoração do lar nos proporciona. Por um lado, embeleza, enquanto por outro, presta um serviço funcional. Se formos claros nessa premissa, poderemos definir os objetivos a serem alcançados.

  • Um aspecto a ter em conta é que os objetivos que estabelecemos devem ser coerentes, concisos e realizáveis. Nesse caso, as utopias estão fora de lugar. Tudo o que não faz sentido ou não tem fundamento deve ser deixado de fora.
  • Quanto à escolha que fazemos, não devemos cair no erro de desenvolver procedimentos impessoais. Em outras palavras, o fato de definirmos uma meta não está relacionado à imitação ou cópia, mas ao contrário: à busca de uma abordagem própria que nos identifique.
  • A combinação correta de cores é a base de qualquer casa. A relação de todos os tons é regida por uma série de critérios racionais que permitem definir e espaço. Por isso, é necessário escolher as cores da sua preferência e quais são as combinações viáveis.
  • No que diz respeito aos móveis, é importante utilizar os modelos que melhor se adaptam às nossas necessidades e definem um estilo determinado. Se queremos transmitir sensações específicas, não devemos cometer o erro de escolher os elementos que não estão de acordo com o lugar.

Definindo um estilo

A importância de definir metas antes de começar a decorar

Obviamente, o estilo determinará como será a decoração e como serão dispostos nos interiores. Para que seja definido corretamente, devemos antes de tudo conhecê-lo, verificar o que vamos precisar e o que já temos.

É sempre bom dar uma olhada na internet ou em lojas físicas sobre os mais diversos estilos. A decisão que tomarmos será a origem e o início de como será a nossa casa no futuro.

Também podemos destacar que o estilo reflete quem somos, quais são as nossas pretensões e a forma como trabalhamos a organização interna.

Você precisa saber o que quer alcançar para direcionar a decoração.

Dicas antes de começar a decorar

Provavelmente, surgirão dúvidas antes de você começar a decorar a casa. É algo habitual; por este motivo, se recomenda a participação de um designer de interiores. Se não quisermos consultar um, poderemos fazer uma lista do que precisamos e do que não precisamos.

Também é importante ter uma segunda opinião. Podemos consultar amigos ou familiares; no fundo, outros pontos de vista são sempre bons.

Pode interessar a você...
5 ideias de decoração “fora da caixa”
Decor Tips
Leia em Decor Tips
5 ideias de decoração “fora da caixa”

Com uma decoração «fora da caixa», você poderá transformar cada um dos espaços da sua casa, obtendo um efeito muito revolucionário.



  • Lava Oliva, Rocío: Interiorismo, Vértice, 2008.